Parte 1  >>  Conceitos fundamentais de diagramação

O cabeçalho é o item mais importante na diagramação do veículo impresso, pois constitui a peça fundamental de sua identificação, é seu cartão de visita. Deve ser composto pelo título da publicação (em destaque), nome do editor responsável, local de veiculação, data e slogan da empresa a qual pertence. É preciso estudá-lo nos mínimos detalhes para evitar alterações bruscas e conseqüente perda de identidade.

O posicionamento das fotos também é de grande importância, sendo necessário haver algum espaço em branco separando as imagens dos textos para deixar a página com aspecto arejado e elegante. Na primeira página, a foto principal deverá estar sempre localizada na parte superior ao centro geométrico, uma vez que o jornal (standard) fica dobrado em exposição na banca. É preciso estar sempre obedecendo ao princípio da zona óptica, pois as imagens têm como principal objetivo chamar a atenção do leitor.

Os títulos devem ser alinhados à esquerda. Além de facilitar o trabalho do redator que não precisará efetuar a contagem das letras (exigida em títulos de linha cheia), será mais atraente aos olhos do leitor, apresentando-se menos monótono que os títulos de linhas perfeitamente iguais.

A cor do suporte (papel) e da impressão (tinta) se condicionam entre si: o preto sobre o branco exprime um efeito positivo com excelentes resultados de legibilidade, enquanto o branco sobre o preto exprime um efeito negativo provocando dificuldade e cansaço no movimento ótico, sendo recomendável somente de forma restrita, quando o objetivo for atrair a atenção do leitor em um texto curto.

Margens razoavelmente largas são consideradas importantes para uma boa legibilidade e aparência estética. Os manuais de estilo sustentam a idéia de que a área utilizada pela impressão deve ocupar apenas 50% da página. O restante deve ser distribuído entre as margens e os espaçamentos do texto. Para separar as colunas deve-se usar o espaço em branco ao invés de linhas.

O arranjo das palavras deve ser em linhas horizontais retas. Com exceção da impressão em blocos de linha dupla - o meio termo entre o vertical e o horizontal - a impressão vertical irá prejudicar a legibilidade da publicação.

A escolha dos caracteres que serão utilizados influi decisivamente no aspecto visual do jornal, que antes de ser lido, é visualizado. Os publicitários sabem que para cada produto anunciado é utilizado apenas um tipo de letra. Fica evidente, portanto, que uma única família de caracteres deve ser usada em cada jornal, segundo COLLARO (2000).

Quanto menor a quantidade de tipos, melhor será a harmonia transmitida pela página. Pode-se usar a combinação de negrito, itálico e sublinhado para criar variações de textos sem utilizar muitas fontes. Dependendo do público-alvo e do conteúdo de determinado caderno - como artes, música e cinema - as cores e letras podem ser trabalhadas de forma mais criativa, porém, sempre respeitando os padrões da publicação.

É pertinente lembrar que os tipos escolhidos devem ser os mais legíveis possíveis, sendo necessário descartar de imediato qualquer fonte que gerar dificuldades de compreensão. O modelo que tem conquistado sucesso em diversas publicações é o título e legenda sem serifa e em negrito, enquanto o texto é serifado para orientar os olhos durante a leitura. Este contraste entre título e texto é importante para valorizar a estética e dinamizar a publicação.

A utilização correta das cores deve ser coerente ao conteúdo. Ao apresentar uma matéria sobre um acidente que tenha resultado em fatalidades, é evidente que não convém utilizar cores que transmitem alegria (cores vivas como amarelo e laranja), mas sim tristeza e tensão (cores pesadas como preto e vermelho). O impacto esperado por determinado conteúdo pode ser consideravelmente ampliado se o design utilizar as cores e imagens corretas para a situação.

O objetivo destas formas peculiares da apresentação se deve a tentativa de despertar o interesse de leitura e de compra em diversos segmentos do público, podendo um mesmo jornal ser lido por todos os membros de uma família, independente do sexo ou idade.

  


webjornalismo.gelsonamaro.com // Jornalismo On-line: Guia Teórico e Prático

Conteúdo registrado na Biblioteca Nacional e protegido pelos Direitos Autorais

Incluir nos favoritos

Voltar para a página inicial

Entrar em contato