Parte 1 >> Influência da tecnologia no design

Os primeiros jornais impressos não demonstravam muitas preocupações quanto ao design e o planejamento gráfico. Na maioria das vezes, utilizavam grande quantidade de letras em fontes pequenas, blocos compactados no decorrer das páginas e separados por linhas muito próximas ao texto.

Com os avanços da tecnologia e a redução dos custos de impressão, os jornais aumentaram o número de páginas e começaram a utilizar imagens com maior freqüência. A organização se tornou agradável, a linha de divisão foi substituída pelo espaço em branco e os textos podem utilizar fontes e blocos maiores.

As publicações atuais recebem coloração adequada ao invés da monótona impressão em preto-e-branco. Pode-se observar o uso constante de recursos gráficos, em tabelas e infográficos[1] , que contribuem para a compreensão de determinadas informações, como por exemplo, informações meteorológicas que são acompanhadas de desenhos dos respectivos climas.

A internet também influenciou os impressos consideravelmente. Sua ampla utilização de recursos multimídias e apelos visuais forçaram os jornais a abandonar o design tradicional, conservador, para atrair os jovens que são mais ligados à tecnologia - e que poderão ser seus futuros assinantes.

Com a predominância da linguagem visual, a infografia tornou-se essencial dentro de qualquer publicação impressa. Os infográficos são excelentes para descrever e explicar detalhes, são facilmente compreensíveis e chamam a atenção dos leitores, sendo, geralmente, o primeiro item a ser visualizado no correr das páginas.

Assim, a tecnologia permitiu que o jornal se tornasse um produto mais atrativo, principalmente aos jovens, com design mais arrojado e elementos visuais complementares aos textos, que ajudam na compreensão das informações.

Notas:

[1] Infografia: Técnica visual utilizada para transmitir informações (ex: gráficos, mapas, desenhos etc).

>> retornar ao texto

  


webjornalismo.gelsonamaro.com // Jornalismo On-line: Guia Teórico e Prático

Conteúdo registrado na Biblioteca Nacional e protegido pelos Direitos Autorais

Incluir nos favoritos

Voltar para a página inicial

Entrar em contato