Parte 2  >>  Estrutura subliminar do website

Subliminar é tudo aquilo que assimilamos inconscientemente. Toda peça gráfica, seja uma publicidade, o layout de uma publicação impressa ou até mesmo o design de um site, possui o planejamento do que será assimilado pelo subconsciente, através da combinação de cores, do posicionamento das fotos, da disposição dos textos, etc. Em sua obra Propaganda Subliminar Multimídia, Flávio Calazans (CALAZANS, 1992), desenvolveu a seguinte fórmula para definir a mensagem subliminar:

Subliminar =

< quantidade de informação

> tempo de exposição

Segundo o autor, o excedente de informação é passivamente assimilado pelo inconsciente pessoal ou subconsciente (CALAZANS, 1992). Isto significa que, enquanto o consciente se ocupa com determinadas informações, o restante é assimilado inconscientemente. Desta forma, a mensagem subliminar é inserida em anexo a uma mensagem explicita, passando despercebida pelo receptor.

O cérebro humano é composto de dois hemisférios que possuem características diferentes e controlam todo o corpo de maneira inversa, ou seja, o Hemisfério Direito controla todo o lado esquerdo, enquanto o Hemisfério Esquerdo controla todo o lado direito. A seguinte tabela simplifica suas principais características:

Hemisfério Esquerdo

Hemisfério Direito

  • Lógico

  • Racional

  • Critico

  • Intuitivo

  • Emotivo

  • Impulsivo

Estas características dos hemisférios do cérebro podem ser aplicadas em peças publicitárias, na diagramação das páginas de jornais e revistas ou até mesmo ao design de um website. Apesar utilizarmos os dois olhos simultaneamente, informações dispostas no lado esquerdo de uma página é em maior parte assimilada pelo olho esquerdo e conseqüentemente pelo hemisfério direito do cérebro. Já o inverso ocorre com informações dispostas no lado direito.

Isto deve ser levado em conta para que os diferentes elementos de um design possam ser dispostos de forma mais eficaz. No exemplo abaixo, o esquema subliminar proposto por CALAZANS (1992) é aplicado a um anúncio:

A imagem central (1) deve transmitir uma mensagem explicita, cujo foco central (4) chamará a atenção imediatamente e em seguida coordenará a leitura para os dados racionais (2), permitindo que os dados subliminares (3) sejam assimilados enquanto a visão percorre estes elementos.

Fonte: adaptado de CALAZANS, Flávio. Propaganda Subliminar Multimídia. Summus Editorial, 1992.

Na peça publicitária acima, o logotipo da empresa está corretamente inserido no campo subliminar (3), que será assimilado pelo subconsciente, enquanto a imagem com um elemento incomum (a sigla de World Wide Web inserida como uma coroa), chama a atenção do individuo e o conduz à leitura dos dados racionais.

Uma estrutura semelhante deve ser utilizada no website, devendo o seu logotipo ser inserido na extremidade superior esquerda, respeitando assim os conceitos de estrutura subliminar e zona óptica simultaneamente.

  


webjornalismo.gelsonamaro.com // Jornalismo On-line: Guia Teórico e Prático

Conteúdo registrado na Biblioteca Nacional e protegido pelos Direitos Autorais

Incluir nos favoritos

Voltar para a página inicial

Entrar em contato